Filhos em férias. E agora?

Parques lotados, shoppings lotados, cinemas lotados, praias lotadas… e caras. Muito caras. Os olhos da cara.

Um passeio de férias não precisa ser complicado. Muito menos precisa ser comprado.

Perto da sua casa deve haver alguma comunidade que talvez você costume passar meio batido. Ela pode ser meio feinha, com as casas um pouco remendadas, às vezes um tanto empilhadas. Casas sem tinta, sem enfeites, sem jardim. Ela pode dar um pouco de medo, ou até mesmo muito medo, e por isso mesmo você costuma evitar aquela área, porque muitas vezes a gente evita e tem medo daquilo que não conhece.

Mas, acredite, uma visitinha ali pode ser um passeio mais do que interessante. Pode ser emocionante, enriquecedor, gratificante e… cheio de novos amiguinhos!

Foi assim que Tin Tin e seu irmãozinho Luiz curtiram uma deliciosa tarde de férias.

Bastou uma sacolinha com alguns brinquedinhos, alguns desses que a gente não brinca mais e outros daqueles que a gente adora e ainda brinca muito mas decide que vai ser legal dar pra uma outra criança a mesma alegria que a gente sente… Bastou abrir a sacolinha com o convite pros olhinhos curiosos que já iam se chegando: “Quer dar uma espiadinha aqui e ver se tem algum brinquedinho que te interessa?” Pronto. Estava feita a festa, o passeio, as férias, a alegria.

Enquanto a escolha dos dois brinquedos se desenrolava (“sim, só dois, pois deve ter mais criança por aqui que também pode gostar de algum…”), se desenrolava também o papo entre as mães. Doença grave de filho, desemprego do marido, saudades do pai recém-falecido, bebedeiras do ex… Escola, fila de espera na creche, nota ruim, nota boa, dificuldade pra aprender, bagunça de criança na cozinha, na sala, por todo lado. E tinha a roupa toda pra lavar, a briga entre os irmãos gêmeos que era difícil de apartar e a dura batalha pra por comida na mesa. Bem dura pra algumas, essa batalha diária.

Sem muita lógica nem muita explicação, um sentimento de amizade foi brotando e uma cumplicidade imensa foi surgindo, como se comadres fôssemos há décadas. Coisa muito simples, gostosa, sem adereços nem maquiagem.

Enquanto as mães mergulhavam em seus mundos, as crianças seguiam com suas descobertas. Brinquedos novos postos de lado, surgia a mágica de quem brinca com a imaginação mais do que com a propaganda: uma família inteira de mamãe, papai, filhinhos, cachorrinho, vovô e vovó foram surgindo de pedrinhas de diferentes tamanhos, coletadas ali, no caminho mesmo onde gente sobe e desce apressada o dia inteiro… Pedrinhas mamando, ganhando beijinhos e abraços, sendo ninadas, arrotando, trocando fraldinhas… que alegria! Um mundo inteiramente novo, fascinante, cuidadosamente arranjado num potinho de plástico. Parque nenhum teria sido tão legal!

Na saída, enquanto seu irmãozinho já dormia um soninho merecido depois de tantos novos cheiros e estímulos, ouvimos Tin Tin, todo faceiro: “Quero vir sempre aqui!!!”

Luciana Damasio

2014-12-29 16.33.222014-12-29 16.33.352014-12-29 17.12.222014-12-29 22.14.462014-12-29 22.14.34    2014-12-29 17.24.122014-12-30 05.43.082014-12-29 17.19.59

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Filhos em férias. E agora?

  1. camila mouri disse:

    incrível!

  2. blogsattva disse:

    Republicou isso em blogsattvae comentado:
    O grupo Conexão Bodistava é um grupo de apoio aos necessitados de rua que precisa de nossa ajuda. Procure no Facebook por essa comunidade e tente ajudar. Afinal, faz parte de nossa prática mergulhar no Samsara de cabeça independentemente de nossas preces. Vai fundo, seja amigo dos amigos dos moradores de rua. Quem teriam sido eles em vidas passadas e que quem serão eles em vidas futuras?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s